quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Take a Word #43 - OLD FASHIONED


O amor antigo vive de si mesmo,
não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige nem pede. Nada espera,
mas do destino vão nega a sentença.

O amor antigo tem raízes fundas,
feitas de sofrimento e de beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
e por estas suplanta a natureza.

Se em toda parte o tempo desmorona
aquilo que foi grande e deslumbrante,
a antigo amor, porém, nunca fenece
e a cada dia surge mais amante.

Carlos Drummond de Andrade




Bjs!!! Bjs!!!



8 comentários:

El Olor de Cádiz disse...

HOLA JALUZA. TE PERECERE PRETENCIOSA, PERO HE COMPRADO UNAS MADERITAS DE DM, CON LA INTENCION DE (ME DA MUCHA VERGUENZA), INTENTAR HACER UN ALBUM DE TU ESTILO, NUNCA NADA PARECIDO, PUES TU ESTAS A AÑOS LUZ. Y YO PREGUNTO, ME HARIAS EL FAVOR DE DARME ALGUN CONSEJILLO IMPORTANTE, PARA NO ESTRELLARME???? TE ESTARIA MUY AGRADECIDA. BESOS DESDE CADIZ.

Elisabeth Sarkis disse...

Lindo poema e linda postagem amiga,bjssss

Cores de Anas disse...

Amo suas postagens, cheias de criatividade, de informações e recheadas de textos que inspiram. Os comentários alimentam a alma de quem cria, é assim que sinto eu ler as palavras carinhosas deixadas por pessoas maravilhosas (como você!!) que passam no meu bloguito.

Mil bjinhos

Maria Teresa

Raquel Leal disse...

Lindo...lindo..lindo, tudo as rosas , os enfeites e o poema! Obrigada pelo elogio ao meu bloquinho, ele ficou bonito porque liftei a minha pastinha do nosso crop que você me ajudou a fazer hehehe...Obrigada novamente por ter vindo abrilhantar o nosso dia em Maringá!!Beijocas!

Elica Lopes Vequeti disse...

Oi. Cantinho e poema... lindos! Bjos

Kiki disse...

I love enything old or vintage, this style is amazing!!!!

indybev disse...

BEAUTIFUL! A gorgeous collection of things vintage. A feast for the eyes!!

silhouettemania.blogspot.com by joelmamota disse...

Oi, Jaluza. Não poderia deixar de comentar, principalmente pelo poema, tema do niver15 de casamento! Amo de tudo! Gde bjo, joelma